Notícias

Realeza, PR °min °max

Realeza está em alerta contra a dengue

A Vigilância Sanitária de Realeza solicitou uma reunião emergencial na tarde de quinta-feira (15), no Auditório da Prefeitura Municipal, com presidentes e representantes de bairros para tratar sobre a dengue. O município está em alerta contra a doença, devido ao alto Índice de Infestação Predial (IIP), ou seja, Realeza está infestada por larvas e mosquitos Aedes Aegypti, o transmissor da dengue.

A preocupação, segundo Camila Viana, da Vigilância Sanitária, é que uma pessoa infectada em outro município venha para Realeza espalhando a doença. O município registrou epidemia de dengue em 2010, com mais de 307 casos positivos. Em 2011, depois de vários arrastões e campanhas os casos caíram para 35. Em 2012, nenhum caso positivo foi registrado, são 18 notificações, com oito negativos e 10 que aguardam resultado de exames, mas agora a situação pode ser ainda pior, devido as agentes epidemiológicas encontrarem diariamente larvas e mosquitos na maioria das residências e comércio realezense. Outra preocupação é com as pessoas que já contraíram a doença nos anos passados, caso elas sejam novamente infectadas a doença pode evoluir para dengue hemorrágica, que pode levar o paciente a óbito. Na reunião ficou definido que cada bairro irá organizar mutirões para coletar lixos e resíduos recicláveis que acumulem água, em lotes e residências, evitando criadouros de larvas e mosquitos da dengue, as ações serão apoiadas com equipes da secretaria de saúde e prefeitura municipal. ”A população tem que ajudar, a responsabilidade é de todos, não somente da secretaria de saúde, vigilância sanitária, ou ministério da saúde. Todos devem combater a dengue”, destaca Camila.