Notícias

Realeza, PR °min °max

Nota Técnica Nº 002/2015

A Secretaria Municipal de Saúde de Realeza através do departamento de Vigilância em saúde e Combate à endemias, vem por meio deste, repassar a população a situação atual da dengue no Município. Até o momento foram notificados 31 casos onde 05 casos são positivos, sendo 02 casos importados do estado do Mato Grosso e 01 caso importado do município de Dois Vizinhos, além de 02 casos autóctones (contraiu a doença no Município) localizados no Bairro Nossa Senhora Aparecida. 17 casos estão aguardando resultados laboratoriais.

Devido o fato de novas notificações, estarem aparecendo principalmente na região próxima aos casos positivos autóctones (Bairro Nossa Senhora Aparecida, Loteamento Moretti e Bairro São José) atividades intensificadas em conjunto com agentes de combates a endemias e agentes de saúde foram iniciadas hoje (30/04/2015), especialmente nessas regiões, porém os bairros João Paulo II, Centro, Centro cívico e Jardim Primavera também tiveram notificações nos últimos 15 dias, com menor incidência.

Pedimos a ajuda da população em geral e em especial das localizações mais preocupantes, no caso, Bairro Nossa Senhora Aparecida, Bairro São José e Loteamento Moretti, que recebam as agentes em suas casas lhe fornecendo as informações necessárias, além, de acatar as orientações repassadas por elas. Também solicitamos que a população cuide de seus lotes retirando todo o material que possa acumular água, tomar cuidado em especial com piscinas, cisternas e calhas, façam uso de repelentes de 3 em 3 horas, e quando estiver acontecendo a aplicação do inseticida através da máquina costal, abrir portas, janelas e portões das casas e manter os animais presos.

Esclarecemos que já foi solicitado a Secretaria de Estado o fumacê, porém, outros Municípios com casos mais graves estão sendo prioritários e até este momento o Estado não conseguiu máquinas para atuarem em nosso Município. Por isso, é necessário que cada cidadão faça sua parte não deixando água acumulada para evitar a proliferação do mosquito.

LEMBRAMOS que nosso Município já passou por uma epidemia nos anos de 2010, 2011, 2012 e 2013, correndo alto risco de uma nova epidemia com casos de dengue que podem evoluir para dengue hemorrágica.

PRECISAMOS QUE CADA UM FAÇA A SUA PARTE PARA COMBATER O MOSQUITO, DENGUE É UM DEVER DE TODOS.