Notícias

Realeza, PR °min °max

Dia do Combate ao Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes

Viemos através deste documento, apresentar as atividades desenvolvidas em função do dia 18 de Maio, dia do combate ao abuso e exploração de Crianças e Adolescentes. A programação de atividades sobre essa campanha, foram desenvolvidas em vários dias abrangendo várias demandas, ou seja, foi desenvolvidas conforme faixa etária, atendendo 03 faixas etárias, como crianças, adolescentes e adultos.

Primeiramente, desenvolveu-se atividades com as crianças das escolas municipais e adolescentes das escolas estaduais. Nesse dia explicou-se a criação do Dia Nacional de Luta contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, com objetivo de ampliar o conhecimento das criança, explicando a elas o porquê da importância dessa data, com intuito de prevenir casos como de Araceli aconteça novamente. Além disso, enfatizou-se o cuidado com as redes sociais e as companhias, ou seja e tudo que podem levar e facilitar o abuso e exploração.

Após esse primeiro momento, separou a demanda por equipes, conforme fotos, e aplicou-se o quebra-cabeça temático da campanha de 18 de maio, afim de concretizar essa idéia de prevenção. E por fim, as autoridades locais, fizeram presentes e também destacaram a conscientização dessa campanha.

Com os adultos, a equipe técnica do CRAS, aplicou a atividade referente a essa data em todos os grupos de apoio do município, realizando parceria com o CAPS – Centro de Atenção Psicossocial, com objetivo de alertar sobre essa temática, bem como passar informações a todos de como intervir em casos que surgirem.

Dessa forma, realizou-se palestras e orientações, destacando-se a importância dessa mobilização, que no Brasil dentre suas metas está a promoção do Dia Nacional de Luta contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes como referência de mobilização com a comunidade realizando uma campanha anual.

Explicou-se também a origem dessa campanha que é uma lembrança a toda sociedade brasileira sobre a menina seqüestrada em 18 de maio de 1973, Araceli Sanches, então com oito anos, foi drogada, espancada, estuprada e morta. Conforme esse ocorrido foi sancionado em maio de 2000 com a Lei 9.970: “Institui o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. Desde então a sociedade civil em defesa a esses direitos promovem atividades em todo o país para conscientizar sobre a gravidade da violência sexual.

Além disso, destacou-se a importância da referencia familiar na vida das crianças e adolescentes, em que os comportamentos e conduta dos pais são reflexos na vida dos filhos.

Seguem algumas fotos: